e-monografia: produção científica colaborativa

A organização das anotações das leituras para quem esta produzindo algum texto científico é sempre algo essencial para o trabalho, visto a quantidade de livros e artigos que são necessários serem estudados.

O caso é que havia resolvido fazer minhas postagens sobre os artigos que estou lendo e as  relacionar com tags, como a tag conversação, para que depois eu mesmo possa fazer uma rápida pesquisa dos autores do referencial teórico. Por isso, minhas postagens poderão ser um tanto científicas e chatas. :p

Ontem, discutia com a Gabi o que ela achava de eu criar a categoria e-monografia no blog. Uma categoria que iria linkar todas as postagens da monografia que estou me preparando para escrever para a especialização. Ela só não me disse que seria legal, como me deu a dica de um projeto de uma monografia online. Hoje, ela me passou o link.

A aluna de Comunicação, Louise Martins, da UERJ criou um blog específico para seu trabalho.

No primeiro post do blog, ela justifica que criou o espaço para convidar os atores do seu tema a participarem através do espaço de comentários, colaborando com a construção de sua produção textual. A Louise diz que seu tema tem pouco referencial teórico e por isso veio a tomar tal iniciativa. Ela usa o termo monografia colaborativa.

O fato é que parece que ela pode mesmo conseguir tal façanha. Pois, como pode ser visto nos comentários de uma das postagens, a estudante já está recebendo a colaboração de uma pesquisadora (Raquel de novo) de onde pode encontrar referências.

O legal dessa idéia da Louise é que ela poderá contar mais do que com isso. Alguns temas que ela venha a ter dúvidas podem ser esclarecidos por  visitantes nos comentários. Assim como o próprio orientador que poderá fazer suas anotações também nos comentários das postagens.

Me questiono das vantagens que teríamos numa monografia totalmente online sobre algum tema que envolva a Internet. Falo do texto final com hipertexto: onde os exemplos do autor poderiam ser acessados no momento da leitura, facilitando a compreensão; as análises serem comprovadas, ao se seguir o mesmo caminho da metodologia proposta; as referências bibliográficas disponíveis na rede, podendo ser acessadas a qualquer momento; e, as monografias online estarem sendo linkadas umas às outras.

Acredito que a Louise será feliz em sua idéia, abrindo¹ uma lacuna interessante para ser aproveitada na academia. Mesmo àqueles que não desejassem tornar público seus textos ou orientadores que não gostariam de expor seu trabalho dessa forma, poderiam criar espaços privados e aproveitarem tais facilidades da rede. Mas, no caso dos alunos, estariam perdendo uma grande colaboração, como parece que a Louise conseguirá.

Vejo então mais um uso dado aos blogs que parecem ter apropriações diferenciadas a cada dia. Felizmente, de forma cada vez mais colaborativa. Quem sabe eu não faça uma e-dissertação no mestrado :p

¹Busquei no Google por “e-monografia”, “e-tcc”, “e-tese” e não encontrei nada. Procurei por “monografia colaborativa” e só encontrei links associados à idéia da Louise. Por isso, considerei sua idéia pioneira nessa postagem.

About these ads

9 Responses to “e-monografia: produção científica colaborativa”


  1. 1 Gabriela quinta-feira, fevereiro 14, 2008 às 10:40 PM

    Meu próximo post sobre o Twitter inaugurará, oficialmente, a categoria e-TCC :P

    E lembrei agora de outro exemplo de trabalho colaborativo… O Paul Bradshaw, do Online Journalism Blog, fez um artigo sobre wiki journalism em formato wiki – ele colocou um rascunho no blog, e deixou aberto para quem quisesse fazer alguma colaboração (http://wikijournalism.pbwiki.com/).

  2. 2 Gilberto Consoni quinta-feira, fevereiro 14, 2008 às 10:54 PM

    Legal o Wiki do Bradshaw também. Mas, o que me chamou a atenção no caso da Louise é a questão da orientação e aquelas possibilidades que citei ali.

    / e-TCC

  3. 3 mc sexta-feira, fevereiro 15, 2008 às 8:35 PM

    a idéia é interessantíssima, mas o que me gerou dúvidas logo no início do post é quanto à questão da autoria. como citar todos que colaboram nos comentários? a publicação online facilitaria isso, porém, certamente ela terá que entregar uma versão impressa, o que irá resultar num referencial bibliográfico gigantesco, além do que a banca poderia contestar a validade, a força dessas colaborações (no sentido de cientificidade, de “autoridade” para falar de algum tema, entende?)
    outro ponto é a questão da hipertextualidade. eu tentei fazer minha dissertação num formato hipertextual e isso deu um trabalhão, já que fazer um hipertexto em formato impresso é um tanto complicado. a ordenação de capítulos e itens fica mudando a toda hora, e nem sempre a ordem escolhida agrada a todos. recebi críticas quanto a disposição dos temas nos capítulos de minha dissertação, mas ainda não desisti de deixá-la hipertextual, mesmo que a versão impressa já esteja, digamos, “estática”. :D

  4. 4 Gilberto Consoni sexta-feira, fevereiro 15, 2008 às 10:52 PM

    mc de Maria Clara?

    Bom, realmente ela deverá ter muito cuidado nessa questão das colaborações. Por isso, vejo que as colaborações deverão ser mais no sentido de indicações e esclarecimentos, como aquele comentário da Raquel que citei. Igual, pode ser que haja uma forma de ela usar os comentários, como pesquisa de campo, por exemplo. O que ela mesmo cita lá. Só que depois do teu comentário, também me pergunto teria uma metodologia possível.

    Quanto ao hipertexto, quando escrevi a postagem, juro que me perguntei se a Maria Clara já não havia feito isso. Entendo os problemas de links que poderão ser perdidos, mas de repente poderiam ser usados para linkar materiais em banco de dados de universidades que poderiam estar se comprometendo em mantê-los, já que seus alunos passariam a utilizar.

    Por fim, quanto ao material impresso, falo na possibilidade de ele ser realmente eliminado, em que o texto final oficial seria uma cópia digital.

    Legal o teu comentário, me fará pensar nisso melhor :D

  5. 5 Gabriela sábado, fevereiro 16, 2008 às 1:00 AM

    Realmente, a questão da autoria fica complicada. Bom, Gilberto, se pensares em uma solução, me avisa :P hehe

    Outro exemplo de colaboração que lembrei agora – só que aí não tem nada a ver com o mundo científico – é a que acontece para produzir posts de blogs. Há blogueiros que postam rascunhos de posts em grupos no Facebook para obter feedback de alguns leitores antes de colocar no ar uma versão final do texto. Ou então – mais uma vez, citando minha fonte inesgotável de exemplos – como tentou fazer o Paul Bradshaw uma vez – ele enviou por e-mail um post semi-acabado para um grupo de pessoas, em busca de feedback antes de colocar o post no blog. Mas a autoria de um post de blog dificilmente vai ser contestada – não tem a mesma dimensão do problema de um trabalho científico colaborativo (a menos que todos os colaboradores sejam tbm co-autores, ou algo parecido).

  6. 6 mc sábado, fevereiro 16, 2008 às 1:03 PM

    sim, mc de maria clara :)

    ah sim, o uso dos comentários como pesquisa de campo é totalmente plausível, até porque já se vê, há bastante tempo, os comentários sendo reproduzidos como exemplos, como demonstrações, como um amparo ao que se diz cientificamente. isso é fato, até porque esse tipo de pesquisa não sobrevive sem isso.

    respondendo a tua pergunta se eu já havia feito isso: sim, já fiz, ou pelo menos, tentei hehehe e não foi fácil. meu artigo da intercom do ano passado foi feito assim. fiz quatro itens e juro que fiz até cálculos matemáticos pra ver em quantas ordenações eu poderia disponibilizá-los, mas no impresso fica muito complicado. quando falas em eliminar totalmente uma versão impressa, isso é meu sonho de consumo ahahahaha, só falta convencer a academia a aceitar isso hehehe. mas de uma forma ou de outra, é preciso disponibilizar isso em bibliotecas e enquanto elas não se tornam totalmente digitais, o problema permanece.

    mas a versão online é válida, claro, já que nem todos têm acesso aos bancos de dados digitais da biblioteca onde o texto fica armazenado. a utilização de links para bancos de dados, como dissestes, é excelente. mas aí seria limitado a esses bancos, entende? pois se se linkar para posts, comentários etc. alguns vão acabar quebrados, já que os muitos blogs podem ser desativados.

    é uma questão complicada, assim como todas que surgem com essa passagem do impresso para o digital. mas enfim, já me alonguei demais nesses comentários hehehehe

  7. 7 Gilberto Consoni segunda-feira, fevereiro 18, 2008 às 8:54 AM

    Heheh, poo mc, nem se preocupe em se alongar sempre por aqui. Pois, como nesse tema mesmo, falando-se de hipertexto, tu já tens tanto estudo na área que dá uma boa contribuição. :)

    Sou obrigado a concordar contigo que os links para blogs poderia ser um problema, pois rapidamente podem sair do ar e o conteúdo do trabalho se perder.

    Quanto aos trabalhos online, já pensou hein. Dava até pra dar um ótimo uso lá pra aquele e-book que o Pellanda adora falar :D

  8. 8 Notas Bibliográficas Luiz terça-feira, abril 29, 2008 às 1:09 AM

    Excelente iniciativa, que terá como resultado facilitar sobremaneira a construção de conhecimento apoiado em fontes de pesquisa validadas e aprimoradas.

    Apesar de trabalhar na elaboração, suporte e acompanhamento de monografias há anos, ainda não conhecia nenhuma iniciativa similar.

    Meus parabéns!!

  9. 9 Louise Martins segunda-feira, maio 19, 2008 às 8:31 PM

    Putz, pena que encontrei este post tarde.
    Tive que dar uma parada no projeto por causa de coisas de trabalho, mas seria legal demais retomar. O blog está guardadinho só esperando tempo.
    Mas que bom que a idéia é bem aceita, fiquei feliz. :)

    Abraços,
    Lou Martins


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




.:del.icio.us

Creative Commons License
Blog Web Research by Gilberto Consoni is licensed under a Creative Commons.

.:visits since 11fev08

  • 126,960

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: